Transparência da Vacinação – COVID-19

Última atualização em: 30 de julho de 2021

Para ter acesso às informações referentes à cobertura vacinal (percentual de grupos prioritários e população geral vacinados) atualizadas diariamente em formato de planilha eletrônica, clique aqui.

Para ter acesso aos Boletins Epidemiológicos COVID-19 produzidos pela Secretaria de Saúde do Estado atualizados diariamente, clique aqui.

Informações e Formulário para Vacinação das Pessoas com Comorbidades

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) produziu um modelo de atestado para que um profissional de saúde informe a doença pré-existente do paciente apto a receber a vacina contra a Covid-19. Nesse documento, é obrigatório constar carimbo, matrícula e/ou registro do conselho de classe. Em unidade de saúde da Família (natureza pública), médico e enfermeiro podem atestar. Nas policlínicas e unidades de saúde de natureza privada: apenas os médicos podem atestar.

Além do atestado, poderão ser anexados outros documentos para comprovação da comorbidade do paciente. Esses documentos são: receitas, relatório médico, prescrição médica, entre outros que contenham carimbo da unidade com CNES, bem como assinatura e carimbo do profissional responsável.

Essas orientações constam na nota técnica divulgada aos municípios e serviços de saúde e disponível abaixo, assim como o modelo de atestado.

Plano Estadual de Operacionalização para Vacinação contra a Covid-19

Vacinas Recebidas e Distribuídas aos Municípios e Unidades pernambucanos

O processo de logística das vacinas segue as recomendações previstas no Plano Nacional de Imunização e vem sendo executado da seguinte forma:

1) Governança Federal: O Ministério da Saúde disponibiliza as vacinas a serem transportadas através de companhia aérea contratada para esta finalidade, a qual tem a responsabilidade de efetuar todo o processo logístico e entrega da carga dos imunizantes para empresa contratada pelo Ministério da Saúde para realizar o transporte até a sede do Plano Nacional de Imunização PNI) no Estado de Pernambuco, que fica localizado na Av. Norte Miguel Arraes de Alencar, 6485 – Casa Amarela, Recife – PE, 52081-000.

2) Governança Estadual: Após o recebimento dos imunizantes na sede do PNI em Pernambuco, as vacinas são armazenadas em câmara fria para posterior envio as Gerências Regionais – GERES. O Planejamento logístico de carregamento e transporte com frota de veículo é realizada pela Secretaria Estadual de Saúde com destino as 12 (doze) GERES em todo o Estado de Pernambuco.

Recebimento das Vacinas

Para acompanhar o recebimento das doses de maneira detalhada, segue link abaixo:

Cronologia das Entregas

A distribuição das Gerências Regionais de Saúde – GERES para os municípios não é realizada pela logística da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, neste caso os municípios se encarregam da retirada e transporte para suas unidades.

2ª entrega

Em 25/01/2021, foi distribuído um novo percentual para continuidade da vacinação dos trabalhadores da saúde com a vacina Sinovac/Butantan e também iniciamos a vacinação dos idosos de 85 anos e mais com a vacina AstraZeneca. 

Nº 5395: Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica AstraZeneca para cobertura de 100% da população de 85 anos e mais, a Vacina proveniente do laboratório Sinovac/Butantan será destinada a cobertura de 5% da população total dos trabalhadores da saúde, sob gestão interfederativa, do Estado de Pernambuco.

4ª entrega

Em 24/02/2021, foi iniciada a vacinação dos idosos de 80 a 84 anos com a vacina AstraneZeca e um novo percentual da vacina Sinovac/Butantan foi distribuído para vacinação dos trabalhadores da saúde. 

Nº 5407:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica. Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco.

 5ª entrega

Em 02/03/2021, foram distribuídas doses da vacina Sinovac/Butantan para continuidade da vacinação dos trabalhadores da saúde e dos idosos de 80 a 84 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 80 a 84 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – trabalhadores de saúde.

6ª entrega

Em 09/03/2021, ocorreu uma nova entrega de doses da vacina Sinovac/Butantan para concluir o extrato da população idosa de 80 a 84 anos. Na mesma oportunidade foi iniciada a entrega para idosos de 75 a 79 anos e a continuidade da vacinação para os trabalhadores da saúde.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 80 a 84 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 75 a 79 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – trabalhadores de saúde.

7ª entrega


Em 16/03/2021, ocorreu uma nova entrega de doses da vacina Sinovac/Butantan para concluir o extrato da população idosa de 75 a 79 anos, além da continuidade da vacinação para os trabalhadores da saúde.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 75 a 79 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – trabalhadores de saúde.

8ª entrega

Em 20/03/2021, ocorreu uma nova entrega de doses da vacina Sinovac/Butantan para iniciar em todo o Estado a vacinação dos idosos entre 70 e 74 anos, além da continuidade da imunização dos trabalhadores de saúde. Também foram entregues doses da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz para os povos e comunidades quilombolas tradicionais.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 70 a 74 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – trabalhadores de saúde.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – povos e comunidades quilombolas tradicionais

OFÍCIO 7º E 8º ENTREGAS.

Nº 5418: Pactua o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica. SinoVac/Butantan e Astrazeneca destinado ao Estado de Pernambuco.

9ª entrega

Em 25/03/2021, ocorreu uma nova entrega de doses da vacina Sinovac/Butantan para iniciar em todo o Estado a vacinação dos idosos entre 65 e 69 anos, além de finalizar a imunização com a primeira dose dos idosos de 70 a 74. Também foram entregues doses da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz para os povos e comunidades quilombolas tradicionais e para complementar doses para idosos de 65 a 69 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 70 a 74 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Fiocruz.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – povos e comunidades quilombolas tradicionais.

10ª entrega

Em 01/04/2021, ocorreu uma nova entrega de doses da vacina Sinovac/Butantan para segunda dose de trabalhadores de saúde e de idosos de 70 a 79 anos, além da primeira dose de idosos de 65 a 69. Também foram entregues doses da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz para segunda dose de idosos a partir de 85 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 70 a 74 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 75 a 79 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – a partir de 85 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – trabalhadores de saúde.

OFÍCIO 10º ENTREGA.

11ª entrega

Em 08/04, houve uma nova entrega de doses da vacina Sinovac/Butantan para primeira dose dos idosos de 65 a 69 anos e trabalhadores de força de segurança e salvamento, além de segunda dose para idosos de 70 a 74 anos. Também foram entregues doses da Astrazeneca/Fiocruz para 1º dose de idosos de 65 a 69 anos e segunda dose de idosos a partir dos 85 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Fiocruz.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 70 a 74 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – a partir de 85 anos.

OFÍCIO 11º ENTREGA

Nº 5430: Pactua o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica. SinoVac/Butantan e Astrazeneca destinado, ao Estado de Pernambuco.

12ª entrega

Em 16/04, houve uma nova entrega de doses da vacina Sinovac/Butantan para primeira dose dos idosos de 60 a 64 anos e trabalhadores das forças de segurança e salvamento, além de segunda dose para idosos de 65 a 69 anos e trabalhadores de saúde. Também foram entregues vacinas da Astrazeneca/Fiocruz para 1º dose de idosos de 60 a 69 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Fiocruz.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos – Fiocruz.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 –trabalhadores da saúde.

OFÍCIO 12º DISTRIBUIÇÃO.

13ª entrega

Em 23/04, houve uma nova entrega de doses da vacina Coronavac/Butantan para primeira dose dos trabalhadores das forças de segurança e salvamento e segunda dose também dessa categoria, além dos trabalhadores de saúde e idosos de 65 a 69 anos. Também foram entregues vacinas da Astrazeneca/Fiocruz para 1º dose de idosos de 60 a 64 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos – Fiocruz.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 –trabalhadores da saúde.

OFÍCIO 13º DISTRIBUIÇÃO.

14ª entrega

Em 29/04, houve uma nova entrega de doses da vacina Coronavac/Butantan para a segunda dose de idosos de 75 a 79 anos. Também foram entregues vacinas da Astrazeneca/Fiocruz para 1º dose de idosos de 60 a 64 anos, trabalhadores de força de segurança e salvamento e grupo de comorbidades.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos – Fiocruz.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 75 a 79 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – Comorbidades.

OFÍCIO 14º DISTRIBUIÇÃO.

15ª entrega

Em 01/05, houve uma nova entrega de doses da vacina Coronavac/Butantan exclusivamente para a segunda dose de idosos de 70 a 79 anos. Já em 04/05 houve entrega da Astrazeneca/Fiocruz para 1º dose de idosos de 60 a 64 anos, trabalhadores de força de segurança e salvamento e grupo de comorbidades. Da Pfizer/BioNTech, as doses foram destinadas as primeiras aplicações de pessoas com comorbidades e gestantes e puérperas com comorbidades.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 70 a 74 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 75 a 79 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – comorbidades.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – gestantes, puérperas e comorbidades.

INFORME TÉCNICO – vacina Pfizer/BioNTech.

OFÍCIO 15º DISTRIBUIÇÃO.

16ª entrega

Em 07/05, houve uma nova entrega da Astrazeneca/Fiocruz para a 1º dose do grupo de comorbidades e pessoas com deficiência e 2º dose de idosos de 80 a 84 e povos e comunidades quilombolas tradicionais. Já em 08/05 foram enviadas doses da Coronavac/Butantan para a 2º dose de idosos de 60 a 74 anos e trabalhadores de força de segurança e salvamento. Em 10/05 foram entregues vacinas da Pfizer para a 1º dose de gestantes e puérperas, redistribuídas em 14/05.  

Distribuição de vacinas da Covid-19 – povos e comunidades quilombolas tradicionais.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – comorbidades.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – idosos de 80 a 84 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 70 a 74 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – gestantes e puérperas (I Macro).

Distribuição de vacinas da Covid-19 – gestantes e puérperas (II Macro).

Distribuição de vacinas da Covid-19 – gestantes e puérperas (III Macro).

Distribuição de vacinas da Covid-19 – gestantes e puérperas (IV Macro).

OFÍCIO 16º DISTRIBUIÇÃO – FIOCRUZ.

17ª entrega

Em 14/05, houve uma nova entrega de 86.600 doses da Coronavac/Butantan para a segunda aplicação em idosos entre 65 e 69 anos e nos trabalhadores de saúde. Também foram enviadas vacinas da Astrazeneca/Fiocruz para a 2º dose de idosos entre 65 e 69 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – trabalhadores de saúde.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Butantan.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos – Fiocruz.

OFÍCIO 17º DISTRIBUIÇÃO.

18ª entrega


Em 18/05, foram entregues vacinas da Astrazeneca/Fiocruz para a 1º dose da população com comorbidades e das pessoas com deficiência, além da 2º dose de idosos entre 60 e 69 anos. Já em 19/05 foram enviadas vacinas da Pfizer para a 1º dose de gestantes e puérperas.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – comorbidades. 

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 65 a 69 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – gestantes e puérperas.

OFÍCIO 18º DISTRIBUIÇÃO.

OFÍCIO 18º DISTRIBUIÇÃO – PFIZER.

19ª entrega


Em 26/05, foram entregues 241.750 doses da vacina da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz destinada, exclusivamente, à aplicação de 1ª dose das pessoas com deficiência permanente, pessoas com comorbidades, além das forças de segurança e salvamento. Já em 27/05, foram entregues 24.570 doses do imunizante da Pfizer/BioNTech e serão destinadas para dar seguimento à imunização das gestantes e puérperas. 

Distribuição de vacinas da Covid-19 – comorbidades e pessoas com deficiência 

Distribuição de vacinas da Covid-19 – gestantes e puérperas

OFÍCIO 19º DISTRIBUIÇÃO

Nº 5459: Pactua a décima nona distribuição do montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca/Fiocruz e Pfizer/Biontech destinadas ao Estado de Pernambuco.

Nº 5462: Pactua a estratégia de avanço na campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 na faixa etária de 50 a 59 concomitantes a vacinação dos grupos prioritários, no Estado de Pernambuco.

21ª entrega

Em 08/06 foram entregues doses da Pfizer/BioNTech, que serão destinadas para os grupos de pessoas com comorbidades, forças de segurança e salvamento e pessoas com deficiência. Já em 09/06 foram entregues doses da Astrazeneca/Fiocruz. O imunizante é destinado para a primeira aplicação nas pessoas com comorbidades e deficiências, trabalhadores de saúde e de segurança e salvamento, forças armadas e trabalhadores do sistema prisional e socioeducativo (Funase). 

Distribuição de vacinas da Covid-19 – Comorbidades e pessoas com deficiência

Distribuição de vacinas da Covid-19 – Trabalhadores da saúde

Distribuição de vacinas da Covid-19 – Comorbidades e pessoas com deficiência (Fiocruz)

Nº 5472: Pactua a vigésima primeira distribuição do montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca/Fiocruz e Pfizer/Biontech destinadas, ao Estado de Pernambuco.

Nº 5474: Pactua as estratégias de avanço na campanha Nacional de Vacinação contra a COVID-19, no Estado de Pernambuco

Nº 5475: Pactua as orientações da estratégia de vacinação da Janssen contra a COVID-19, Estado de Pernambuco.

OFÍCIO 21ª DISTRIBUIÇÃO

23ª entrega

Em 18/06 foram entregues novas doses da Pfizer para pessoas com comorbidades e deficiência. Também chegaram vacinas da Coronavac/Butantan para sanar as segundas doses da população que ainda precisava finalizar o esquema vacinal.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – comorbidades e pessoas com deficiência

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 2º doses (Coronavac/Butantan)

Nº 5479: Pactua a vigéssima terceira distribuição do montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Sinovac/Butantan e
Pfizer/Biontech destinadas, ao Estado de Pernambuco

24ª entrega

Em 22/06, foram entregues doses da Astrazeneca para uso exclusivo para a segunda aplicação. As doses foram destinadas para idosos de 60 a 64 anos, trabalhadores das forças de segurança e salvamento, além das pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – comorbidades e pessoas com deficiência

Distribuição de vacinas da Covid-19 – 60 a 64 anos

25ª entrega

Em 24/06, foram entregues 117.800 vacinas da Coronavac/Butantan, que devem ser utilizadas para a primeira e segunda doses. As doses serão destinadas à imunização de guardas municipais, trabalhadores do transporte coletivo e população privada de liberdade. Também foram entregues 62.250 doses da vacina da Janssen. Também foram entregues 94.770 doses da Pfizer, destinadas a primeira aplicação das pessoas com comorbidades e deficiência, podendo ser expandidas para os outros grupos prioritários do Plano Nacional de Operacionalização (PNO) e para imunização por faixa etária.

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Coronavac/Butantan) – Guarda Municipal

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Coronavac/Butantan) – Trabalhador de Transporte Coletivo

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Coronavac/Butantan) – População Privada de Liberdade

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Janssen)

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – Comorbidades

Nº 5482: Pactua a vigésima quinta distribuição do montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica SinoVac/Butantan, Pfizer e Janssen destinadas, ao Estado de Pernambuco.

OFÍCIO 25ª DISTRIBUIÇÃO

26ª entrega

Em 1º/07 foram entregues vacinas da Astrazeneca/Fiocruz para a primeira dose do grupo de trabalhadores industriais. Também foram enviadas doses da Pfizer para a primeira aplicação nos grupos de caminhoneiros, trabalhadores de limpeza urbana, metroviários, ferroviários, população em situação de rua e população de 50 a 59 anos.

Distribuição de vacinas da Covid-19 – Trabalhador industriais

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – Caminhoneiros

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – trabalhadores da limpeza urbana

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – população em situação de rua 

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – população de 50 a 59 anos

OFÍCIO 26º DISTRIBUIÇÃO

29ª entrega

31ª entrega

Em 28/07 foram entregues vacinas da Astrazeneca (2º doses para pessoas com comorbidade e deficiência, forças de segurança e trabalhadores aéreos e portuários, Butantan (ambas as doses de pessoas entre 40 e 49 anos) e Pfizer (1º dose para população de 40 a 49 anos e 2º dose para gestantes e puérperas).

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Astrazeneca) – pessoas com comorbidade e deficiência

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Astrazeneca/Covax) – pessoas com comorbidade e deficiência

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Butantan) – população de 40 a 49 anos

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – população de 40 a 49 anos

Distribuição de vacinas da Covid-19 (Pfizer) – gestantes e puérperas

OFÍCIO 31º DISTRIBUIÇÃO

Localiza SUS

Para mais mais informações sobre insumos e campanhas relacionados ao combate da pandemia COVID-19, segue acesso à consulta de informações disponibilizada no portal Localiza SUS

Lista dos Trabalhadores de Saúde Vacinados

A competência para execução do Plano de Vacinação incumbe aos municípios. Por uma pactuação celebrada na instância colegiada bipartite (CIB/PE), o Estado, através da Secretaria Estadual de Saúde, se incumbiu  da vacinação dos trabalhadores de saúde das unidades públicas de gestão estadual, responsabilizando-se, portanto, por 68 Unidades de saúde, dispondo de EPIs, infraestrutura e recursos humanos  para operacionalização do processo.

Confira a lista dos trabalhadores de saúde já vacinados:

Recomendações e resoluções pactuadas pela Comissão Intergestores Bipartite de Pernambuco – CIB-PE

Recomendações e resoluções pactuadas pela Comissão Intergestores Bipartite de Pernambuco – CIB-PE, cujas temáticas envolvam a vacinação contra a COVID-19.

Nº 5393: – Pactua que do montante das doses recebidas pelo Estado de Pernambuco para vacinação do COVID-19 para os trabalhadores da saúde, 30% serão de competência municipal e o remanescente será destinado para cobertura das unidades de referência ao tratamento da COVID-19 sob gestão estadual.

Nº 5395: Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica AstraZeneca para cobertura de 100% da população de 85 anos e mais, a Vacina proveniente do laboratório Sinovac/Butantan será destinada a cobertura de 5% da população total dos trabalhadores da saúde, sob gestão interfederativa, do Estado de Pernambuco.

Nº 5397: Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica SinoVac/Butantan seja destinado a ampliação da vacinação dos trabalhadores da saúde da Rede Pública e da Rede Privada e dos trabalhadores de saúde  acima de 60 anos, sob gestão interfederativa, do Estado de Pernambuco.

Nº 5407:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco.

Nº 5409:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Quinta Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5413:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Sexta Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5415:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Sétima Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5418:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Oitava Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5425:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Nona Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Quilombolas Gestão Interfederativa.

Nº 5427:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Décima Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5430:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Décima primeira Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5433:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Décima segunda Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5440:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Grupos de Comorbidades Prioritárias à Vacinação COVID-19, décima terceira distribuição.

Nº 5444:  Pactua as orientações das estratégias de vacinação dos grupos de pessoas com comorbidades, vacinação contra COVID-19, Décima quarta Distribuição, Estado de Pernambuco.

Nº 5445:  Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Décima quinta Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Nº 5446:  Pleiteia junto ao Ministério da Saúde Reposição de Segunda Dose Recebidas provenientes da Farmacêutica SinoVac/Butantan, Décima sexta distribuição, para o Estado de Pernambuco.

Nº 5450: Pactua a ampliação da vacinação de pessoas com comorbidades acima de 50 anos.

Nº 5451: Pactua a descentralização da vacina Pfizer para as Gestantes e Puérperas ampliando a organização e distribuição de Polos nas Macrorregiões de Saúde, do Estado de Pernambuco.

Nº 5452: Pactua que o montante das doses recebidas provenientes da farmacêutica Astrazeneca e SinoVac/Butantan destinado, ao Estado de Pernambuco. Décima sétima Distribuição de Vacinas Aplicadas em Idosos e Trabalhadores Gestão Interfederativa.

Perguntas frequentes sobre a imunização contra a Covid-19

— Quem pode tomar a vacina?

A partir das doses encaminhadas pelo Ministério da Saúde e em acordo com os municípios, a campanha de vacinação contra a Covid-19 está atendendo, neste momento, os seguintes grupos:

– Trabalhadores de saúde*

– Idosos em instituições de longa permanência

– Idosos a partir dos 85 anos

– Pessoas com deficiência institucionalizadas

– População indígena aldeada

– Idosos entre 80 e 84 anos

* A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) tem organizado a vacinação de acordo com a disponibilidade de doses encaminhadas pelo Ministério da Saúde, responsável pela aquisição e envio para os Estados. Com isso, Pernambuco está beneficiando 100% dos grupos acima, exceto os trabalhadores de saúde. Desse último grupo, estão sendo contemplados 68% dos trabalhadores, com prioridade para aqueles que atuam na linha de frente da Covid-19 – UTI, enfermarias e emergências, de acordo com a realidade da rede de assistência de cada município.

– A vacina contra a Covid-19 é gratuita?

Sim. No Brasil, até o momento, apenas o Sistema Único de Saúde (SUS) oferta o imunizante. 

– Quais são os próximos grupos prioritários para a vacinação?             

Ao todo, a expectativa é imunizar mais de 3,1 milhões de pessoas em Pernambuco. Os próximos grupos aptos a se vacinar e a ordem de prioridade estão descritos abaixo. A SES-PE informará à população as próximas etapas da campanha, que acontecerão a partir da disponibilidade de novas doses da vacina.

1 – Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas 

2- Pessoas com deficiência institucionalizadas 

3- Povos indígenas vivendo em terras indígenas 

4 -Trabalhadores de saúde 

5- Pessoas de 90 anos ou mais 

6 -Pessoas de 85 a 89 anos 

7 -Pessoas de 80 a 84 anos 

8 -Pessoas de 75 a 79 anos 

9 -Povos e comunidades tradicionais Ribeirinhas 

10- Povos e comunidades tradicionais Quilombolas 

11- Pessoas de 70 a 74 anos 

12- Pessoas de 65 a 69 anos 

13- Pessoas de 60 a 64 anos 

14- Pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades

15- Pessoas com deficiência permanente 

16- Pessoas em situação de rua 

17- População privada de liberdade 

18-Funcionários do sistema de privação de liberdade 

19-Trabalhadores da educação do ensino básico (creche, pré escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA) 

20-Trabalhadores da educação do ensino superior 

21- Forças de segurança e salvamento 

22- Forças Armadas 

23- Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros 

24- Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário 

25- Trabalhadores de transporte aéreo 

26- Trabalhadores de transporte aquaviário 

27- Caminhoneiros 

28- Trabalhadores portuários 

29- Trabalhadores industriais

*os grupos estão sujeitos a alteração a depender do MS

— Onde tomar a vacina?

Na fase atual, a indicação é que os profissionais de saúde sejam vacinados em seus respectivos serviços. Alguns municípios já estão realizando agendamento ou dando outras alternativas para esses profissionais receberem o imunizante.

Idosos em instituições de longa permanência, pessoas com deficiência institucionalizadas e população indígena aldeada também estão sendo imunizadas in loco.

Já para os idosos, assim como deverá ocorrer com os demais grupos, é importante checar com o gestor municipal qual estratégia está sendo adotada. 

— Há idade mínima para portadores de comorbidades?

As vacinas aprovadas até o momento não podem ser utilizadas em menores de 18 anos.

— Precisa apresentar atestado/comprovação médica de comorbidade para se vacinar?

Sim, é necessário a prescrição médica. 

— Quando começarão a vacinar pessoas de 60/70/75 anos?

A ampliação da campanha dependerá do envio de mais vacinas pelo Ministério da Saúde, responsável por adquirir o insumo e encaminhar aos Estados, que repassam aos municípios. O Estado informará ao público o andamento da campanha. 

— Quando irão vacinar funcionários da linha de frente área da saúde da rede particular?

Até o momento, Pernambuco recebeu doses para vacinar 68% dos trabalhadores de saúde do Estado, seja da rede pública ou privada. Os municípios ficam responsáveis por fazer essa distribuição aos serviços particulares, priorizando a linha de frente contra a Covid-19 – UTI, enfermaria, emergência – e ampliando para outros setores e serviços a partir da disponibilidade de vacinas e da realidade de cada cidade. 

— Quando vacinarão auxiliares de serviços gerais de hospitais, farmacêuticos, dentistas, professores, alunos, assistentes sociais, técnico de laboratório, instrumentadores e demais funcionários dos serviços de saúde?

Até o momento, Pernambuco recebeu doses para vacinar 68% dos trabalhadores de saúde do Estado, seja da rede pública ou privada. O envio das doses é de responsabilidade do Ministério da Saúde. A medida que o Ministério da Saúde  envie mais doses, serão ampliados os grupos de profissionais até que 100% dos funcionários dos serviços de saúde sejam vacinados.

— Quais municípios já receberam as vacinas e quantas doses foram entregues?

Todos os municípios de Pernambuco receberam a vacina contra a Covid-19. Foram encaminhadas doses para imunizar 68% dos trabalhadores de saúde de todas as cidades pernambucanas, além de 100% da população indígena, idosos e pessoas com deficiência institucionalizadas e idosos a partir dos 85 anos. Também já estão sendo contemplados idosos de 80 a 84 anos. A partir do recebimento de mais doses pelo Ministério da Saúde, será ampliada a vacinação para outras pessoas dos grupos prioritários. 

— Quando começa a vacinação do segundo grupo?

 A SES-PE tem avançado na campanha de vacinação a partir da disponibilidade de doses da vacina, que são adquiridas pelo Ministério da Saúde. 

— Quando vacinarão as crianças? A partir e até qual idade?

Até o momento, as vacinas aprovadas não foram testadas nesse público.

— Quem está prestes a completar a idade mínima de vacinação (faltando dias e/ou meses) pode se vacinar?

A vacina só pode ser aplicada no indivíduo a partir dos 18 anos, e as datas de aniversário das pessoas a serem vacinadas deverão ser rigorosamente respeitadas. À medida em que forem chegando mais vacinas, outras faixas etárias serão atendidas. 

— Qual o canal para obter informações sobre a vacinação (lugar, agendamento, horários, visita aos idosos acamados, etc.)?

Os municípios têm organizado a vacinação de acordo com suas demandas e realidades. É importante que o cidadão procure as informações disponibilizadas pela gestão municipal da sua cidade, na internet, em sites ou aplicativos oficiais, ou nas sedes de cada prefeitura. 

— Quantas doses da vacina é preciso tomar para ficar imunizado?

São necessárias duas doses da vacina. O intervalo entre as doses depende do tipo do imunizante:

– Sinovac/Butantan – entre 2 e 4 semanas após a primeira dose;

– AstraZeneca/Oxford/Fiocruz – três meses após a primeira dose.

É imprescindível fazer as duas doses com a vacina do mesmo fabricante para que a imunização seja eficaz. 

— Depois de tomadas as duas doses, a população poderá relaxar nas medidas de higiene e segurança?

Não. As pessoas deverão continuar utilizando máscaras, fazendo a higiene constante das mãos com água ou álcool gel e mantendo o distanciamento social. Essas medidas são indispensáveis, já que a vacina não impede a circulação do novo coronavírus. A pessoa vacinada, apesar de estar protegida, principalmente, de casos moderados e graves, ainda pode ser um agente de contaminação. Será necessário vacinar um grande quantitativo de pessoas para que comecemos a pensar no relaxamento dessas medidas.

— Posso adoecer por causa da vacina contra a Covid-19?

Não. Nenhuma vacina em uso utiliza o vírus vivo em sua composição.

 A pessoa com sintomas gripais pode ser imunizada?

É improvável que a vacinação de pessoas com a Covid-19 (em período de incubação ou assintomáticas) traga prejuízo à saúde. Mesmo assim, a recomendação é adiar a imunização caso o indivíduo apresente sintomas sugestivos do novo coronavírus, evitando que se confunda a doença com uma reação ao imunizante .

Como a piora clínica do paciente com Covid-19 pode ocorrer até duas semanas após a infecção, idealmente, a vacinação deve ser adiada até a recuperação clínica total, e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas. Casos assintomáticos com exame de RT-PCR positivo devem aguardar quatro semanas após a coleta da amostra.

— Quem já teve a Covid-19 pode tomar a vacina?

Pode. A indicação é que a imunização ocorra quatro semanas após o início dos sintomas ou após a coleta do PCR positivo.

— Gestantes, lactantes e puérperas podem ser imunizadas?

De acordo com o Ministério da Saúde, as vacinas em uso não foram avaliadas neste grupo. Contudo, testes feitos em animais não demonstraram risco de malformações. As mulheres, pertencentes a um dos grupos prioritários, que se apresentem nestas condições (gestantes, lactantes ou puérperas), a vacinação poderá ser realizada após avaliação cautelosa dos riscos e benefícios e com decisão compartilhada, entre a mulher e seu médico prescritor. As gestantes, lactantes ou puérperas devem ser informadas sobre os dados de eficácia e segurança das vacinas conhecidos assim como os dados ainda não disponíveis. Caso a lactante opte pela vacinação, o aleitamento materno não deve ser interrompido. 

 Quem tem uma doença pré-existente ou utiliza remédio controlado pode ser vacinado?

A contraindicação da vacina é apenas para aquelas pessoas que têm hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer um dos componentes do imunizante, além daquelas que apresentaram reação alérgica intensa confirmada ao tomar uma dose anterior de uma vacina contra a Covid-19.

— O indivíduo precisa ficar alguns dias sem tomar bebida alcoólica antes ou depois de ser imunizado?

Não há esse tipo de contraindicação.  

— A vacina pode modificar o DNA de quem fez uso?

Não. Elas não têm o poder de modificar o código genético de células humanas.

— Quem tem alergia a ovo pode tomar a vacina?  

Sim. Nenhuma das duas vacinas utilizadas até o momento contém proteína do ovo na sua composição.

— Existe alguma recomendação especial para pacientes que fazem uso de imunoglobulina humana? 

 Sim. Esses pacientes devem ser vacinados com pelo menos um mês de intervalo entre a administração da imunoglobulina e a vacina. Assim, não haverá interferência na resposta imunológica do indivíduo. 

— Pacientes que usam anticoagulantes podem fazer a vacina e pode ter alguma reação? 

Sim. Os antiagregantes plaquetários não implicam em impedimento à vacinação e devem ser mantidos. O uso de injeção intramuscular em pacientes sob uso crônico de antiagregantes plaquetários é prática corrente, portanto considerado seguro.  Não há relatos de interação entre os anticoagulantes em uso no Brasil – varfarina, apixabana, dabigatrana, edoxabana e rivaroxabana – com vacinas. Portanto deve ser mantida conforme a prescrição do médico assistente. Por cautela, a vacina pode ser administrada o mais longe possível da última dose do anticoagulante direto. Esses pacientes podem ficar com hematomas no local da aplicação da vacina. O recomendado é colocar gelo por 5 minutos após a vacinação para diminuir o risco.

***

Para saber mais sobre a vacinação na sua cidade, acesse os canais disponibilizados pelo município onde mora. Informações sobre a Covid 19 em Pernambuco estão disponíveis aqui no site https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br. Você também pode telefonar para o número 162, enviar suas dúvidas para a ouvidoria através do link http://200.238.112.13:8080/ModuloCidadao/atendimento_edit.xhtml e acompanhar nossos perfis no Facebook, Instagram e Youtube, ou ainda assinar nosso boletim entregue via WhatsApp (envie uma mensagem para (81) 9488-3776 e salve esse contato na agenda do seu celular), para se manter atualizado sobre o assunto.

Outros documentos

Fluxo De Notificação e Investigação: Evento Adverso Pós-Vacinação – COVID-19

Nota técnica SIDI PE Nº 8/2021 – Procedimentos essenciais em casos de óbito suspeito pós vacinação contra a COVID-19 para investigação e encerramento adequado

Nota técnica SIDI PE Nº 7/2021 – Orientações sobre fluxo da notificação de efeitos adversos pós-vacinação durante a campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado de Pernambuco

Ficha de notificação/investigação de eventos adversos pós-vacinação

Manual de vigilância epidemiológica de eventos adversos pós-vacinação

Estratégia de vacinação contra o vírus Sars- cov-2 – Covid-19

Roteiro para notificação, investigação e encerramento de eventos adversos pós-vacinação

Informe técnico: Boas práticas da Vacinação contra a Covid-19

Nota técnica: Orientações para a identificação, investigação e manejo da Síndrome de Trombose e Trombocitopenia (TTS) referente à vacinação contra a Covid-19 no estado de Pernambuco

Nota técnica: Trata das orientações referentes à vacinação contra a COVID-19 com a vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz e continuidade da vacinação em gestantes e puérperas com e sem comorbidades

Nota técnica: Realização de testes sorológicos para avaliar resposta imunológica às vacinas conta a COVID-19

Vacina Pfizer – instrução de manejo 

Vacina Janssen – Instrução de manuseio

Informe Técnico – Vacina Janssen

TUTORIAL DE NAVEGAÇÃO – Sistema de Notificação do Ministério da Saúde – e-SUS NOTIFICA

Nota técnica: Trata- se de atualização das recomendações referentes à vacinação contra a COVID-19 e da vacinação em gestantes e puérperas com e sem comorbidades no estado de Pernambuco

1ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

2ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

3ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

4ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

5ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

6ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

7ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

8ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

9ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

10ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

11ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

12ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

13ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

14ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

15ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

16ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

17ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

18ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

19ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

19ª atualização da distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

20ª distribuição Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19