Institucional

Última atualização em: 14 de março de 2024

Em 2010, o desenvolvimento econômico registrado por Pernambuco chamava a atenção. A economia crescia acima da média nacional e o número de novos empreendimentos que chegavam ao Estado aumentava a cada ano. Para continuar crescendo em ritmo acelerado, foi preciso estimular não apenas os grandes empreendimentos, mas, principalmente, interiorizar o desenvolvimento econômico e impulsionar os negócios das micro, pequenas e médias empresas e também dos empreendedores(as) individuais, tanto os formais quanto os informais.
Neste sentido, foi criada, em 2011, a Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (Agefepe), uma instituição financeira que atua em regime de economia mista e é integrante da administração indireta do Governo do Estado de Pernambuco. Naquele momento, a Agefepe nasceu vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC-PE).
A mudança do nome da instituição para Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) aconteceu em outubro de 2019, com o lançamento de um novo programa de Microcrédito. A nova denominação buscou reforçar a ampliação de seu papel no apoio ao empreendedorismo, realçando sua função social de promover a geração de ocupação e renda para os micro e pequenos empreendedores(as).
A partir daí, a AGE passou a ser vinculada à então Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação (SETEQ-PE), que atualmente Secretaria de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo (SEDEPE).
A agência procura também integrar o empresariado local, apoiando a modernização e a inovação das empresas, e estimulando a descentralização da economia. O trabalho da AGE é focado em estruturar e viabilizar financeiramente os projetos considerados prioritários para o desenvolvimento de diversos setores da economia pernambucana, por meio da concessão de crédito para empresas sediadas exclusivamente no Estado.
Em 2019, quando o novo programa de Microcrédito teve início, as contratações de linhas de financiamento estavam ainda num crescente, chegando a R$ 12 milhões, contemplando 1,9 mil beneficiários. Já nos anos de 2020 e 2021, a AGE injetou mais de R$ 72,1 milhões na economia de Pernambuco por meio de financiamentos a 25.480 mil pessoas e empresas de todas as regiões do Estado. Em 2022, foram liberados R$ 31,8 milhões, com 13.226 mil beneficiários, sejam os empresários de maior porte ou os micro e pequenos empreendedores(as), entre formais e informais.
Dessa forma, a AGE estimula o aumento da competitividade, internaliza os efeitos positivos do avanço econômico e ajuda a transformar a vida das pessoas. Para realizar esse trabalho, a instituição conta com o apoio de parceiros como o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), a Associação Brasileira de Instituições Financeiras de Desenvolvimento (ABDE), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), entre outros.
A Agência de Empreendedorismo de Pernambuco é disciplinada pela Lei Federal nº 6.404/76 (Lei das Sociedades por Ações) e pela Lei Federal nº 13.303/2016. A AGE também é responsável pela administração do Fundo de Inovação do Estado de Pernambuco – INOVAR-PE, conforme estabelecido no Decreto Nº 40.606, de 3 de Abril de 2014, vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco (SECTI), o Fundo para Fomento a Programas Especiais de Pernambuco – FUPES-PE, conforme estabelecido no Decreto Nº 40.502, DE 19 de Março de 2014, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo de Pernambuco (SEDEPE), Fundo de Eficiência Hídrica e Energética de Pernambuco – FEHEPE, conforme estabelecido na Lei Nº 14.666, de 18 de maio de 2012, vinculado à Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas-PE). E sendo disciplinada pela Lei Federal nº 6.404/76 (Lei das Sociedades por Ações) e pela Lei Federal nº 13.303/2016.

MISSÃO INSTITUCIONAL

Fomentar o desenvolvimento econômico e social, por meio da oferta de crédito voltado para sustentabilidade e geração de valor para os negócio em Pernambuco.

VISÃO DE FUTURO

Ser reconhecida como instituição financeira de referência na condição de acesso ao crédito junto aos empreendedores pernambucanos.

Mapa Estratégico

VALORES

Sustentabilidade, Inovação, Ética, Transparência, Qualidade e Eficiência.